POESIA


                                     


POESIA SER CRIANÇA


Ser criança é alegria


É rir e chorar

É encantar a poesia

É uma flor maravilhosa.

Criança é forte

É um pássaro de amor

É viver com fraternidade

A criança é a cor da POESIA.

José Miguel Mota Carvalho – Escola dos Combatentes (Ovar






PROJETO: POESIA PARA TODO DIA


1º Ano do Ciclo II

Duração de 4 meses, sendo 2 vezes por semana;

Início em Março e término final de Junho;

Produto final: Coletânea de poemas para oferecer para biblioteca; elaboração de um DVD com os poemas produzidos para homenagearmos as mães;

CD com poemas declamados pelos alunos;

INTRODUÇÃO

"Toda a expressão e emoção do poeta estão traduzidas no poema por meio das palavras bem arrumadas, das rimas, da musicalidade produzida pela tonicidade da palavra e – mais do que isso – pelo jogo dos significantes e significados. Ao longo dos estudos da língua, os alunos vão aprendendo a identificar esses elementos formadores dos textos poéticos. Entretanto, é bom que – desde já – a ouvir um poema bem interpretado oralmente e se deliciem com o encantamento que a linguagem poética proporciona." (FANY ABRAMOVICH).



JUSTIFICATIVA

Este projeto será realizado em parceria com o projeto "Estudar pra Valer", especificamente o Projeto Poesia. Com objetivo principal de sensibilizar as crianças para a poesia, de forma que possam apreciá-la e, em suas tentativas poéticas, expressar sentimentos e emoções e ao familiarizarem com a linguagem poética sintam prazer em ler e ouvir poesias.

O projeto será ampliado com apresentação de outros poetas e poetisas, como, Vinicius de Morais, Cecília Meireles e Cora Coralina e outros. E o mesmo se justifica ao possibilitar a ampliação das aprendizagens de Língua Portuguesa, no que se refere tanto a forma como se lê e se produz o texto poético, quanto à proporção do sistema alfabético de escrita e ortografia.



OBJETIVO

-Produzir acróstico;

-Conhecer características do texto poético;

-Identificar diferentes ritmos, rimas, o jogo de palavras nos poemas;

-Recriar poema fazendo relação entre o som e a grafia;

-Ler e produzir paródia;

-Socializar poema (pais, amigos, escola);

-Revisar poemas envolvendo (ex: a diagramação e a ortografia);

-Ler com ritmo e entonação;

CONTEÚDOS



- Escrita de acróstico;



- Linguagem oral, leitura e característica do poema;

-Reescrita de poema fazendo relação entre som e grafia;

-Leitura e produção de parodia;

-Linguagem oral é organização do jogral;

-Revisão de poemas;

-Organização de sarau, cartaz e convite;

ETAPAS

-Iniciar com a pergunta sobre acróstico

-Ler com eles o acróstico e mostrar que é um tipo de poema (rimado ou não)em que se homenageia uma  pessoa

-Fazer coletivamente um levantamento das características físicas e psicológicas das pessoas que puderam ser feita acróstico

-Orientar para a produção de acróstico (pessoal), ou seja, com seu nome

-Escolha alguém conhecido e ou especial (mãe, pai, irmão ou colega da sala).

-Registrar o acróstico no caderno ler para sala, fazer a revisão e digitar para ser socializada;

-Leitura de Poema "Identidade (PEDRO Bandeira) – fazer relação com identidade;

-Explorar o poema (proposta na ficha - 4)- "Estudar pra Valer", ou seja, discutir sobre poema;

-Ir a biblioteca, ler poemas selecionados pela PABE;

-Fazer leitura compartilhada de poemas, conversando sobre as características da forma do texto;

-Oferecer poemas para ler em casa e depois pedir que leiam para sala;

-Destacar as rimas de um poema, e substituir para outras palavras;

-Brincar com o ritmo, sonoridade e solicitar a recriação de um poema de forma coletiva. (arca de Noé, ou isto ou aquilo);

-Desmontar um poema e remontar do jeito que sentiu ou mias gostou (A vida José Lino GRÚ NEWALD – FICHA 4 – Verso – estudar pra Valer);

-Oferecer momentos de leitura silenciosa selecionar de poemas;

-Completar poemas com mais dois versos (linhas) sempre fazendo rimas o segundo verso com o quarto. (Rimas e quadras – FICHA – 5 – Estudar pra Valer);

-Propor apresentação de poema para outras salas na Biblioteca Interativa (jogral, diagramas) declamar;

-Digitar os poemas produzidos e ilustrá-los

-Produzir um convite para apresentação dos poemas

-Selecionar os poemas que serão apresentados e seus autores

ORIENTAÇÃO DIDÁTICA

-Ao iniciarmos o projeto sabemos que devemos resgatar a experiência dos alunos em relação as diversas formas de expressão da poesia, ou seja, partir do que eles já conhecem;

-Selecionar poemas e solicitar a pesquisa;

-Socializar os poemas pesquisados para a sala;

-Ao iniciarmos o estudo dos poemas, faremos uma leitura mais aprofundada, estimulando os alunos a imaginarem como ele é , antes da leitura,( por meio do título) e com questionamentos:

-Sobre o que vocês acham que o autor vai falar?

-De que forma ele falará disso?

-Que palavras ele usará?

-Organizar forma de socialização do projeto, ex.: enfatizar o "visual do mural", pois ele pode ser enfeitado, bem caprichado, mas é essencial também que seja organizado de maneira que não dificulte a leitura dos poemas expostos.

-Organizar oficinas para produção de poemas organizando os alunos : individual , em dupla e em grupo;

-Integrar outros espaços e profissionais como: PETI, BEI e Informática e outra áreas do conhecimento, envolvendo a interdisciplinaridade;

-Recursos: livros diversos, diferentes poemas e autores, diferentes suportes para registro, computadores, xerocópias de poemas, CD´S para gravações, câmeras fotográficas e filmadora;

-OBS. Cada turma estará organizando seqüência que envolva o seu produto final;

OBRAS E AUTORES ( POETA E POETISA)

111 Poemas para crianças , Sérgio Capparelli

O Berimbau , Manuel Bandeira

Ou isto ou aquilo, Cecília Meireles

A arca de Noé, Vinicius de Moraes

Tem tudo a ver, Elias José

A onda, Manoel Bandeira

Cidadezinha qualquer, Carlos Drummond Andrade

Trem de Ferro, Manoel Bandeira

O buraco do tatu, Sérgio Capparelli

Para sempre, Carlos Drummond Andrade

A noite desabou sobre o cais, Jorge de Lima

Poesia fora da estante,



AVALIAÇÃO

Ocorrerá de forma escrita, oral, fotográfica, com registro reflexivo dos professores, envolvendo as atividades, relatando as impressões, facilidades, dificuldades, o conhecimento prévio do grupo, enfim, o processo vivido pois como diz Madalena Freire : " o registro de suas reflexões cotidianas significa abrir-se para seu processo de aprendizagem"





BIBLIOGRAFIA



ALTENFELDER, HELENA ANA, POETAS DA ESCOLA-CENTRO DE ESTUDOS E PESQUISAS EM EDUCAÇÃO, CULTURA E AÇÃO COMUNITÁRIA- SÃO PAULO;PETRÓPOLIS.2004- Aprender pra valer

Organizadora ,COSTA, MÓNICA RODRIGUES-COLEÇÃO DE HISTÓRIAS INFANTIS- SÃO PAULO, PUBLIFOLHA, 2002- Arco-Íris de letras

Ano 4 nº 37, março 2007. Editora Lua.Cotia SP. Revista do Educador. Guia Prático para professores, Ensino Fundamental -

site- http://www.editoralua.com.br/

Fonte:http://saboreieosaber.blogspot.com





ATIVIDADES PARA ENSINAR A LER E PRODUZIR POEMAS


Antecipação:

Questionar com os alunos:

"Você conhece alguma poesia?", "Você gosta de poesia?" , "O que é poesia?"

Dividir a turma em grupo e pedir para escrever sobre o que é poesia e expor num mural. Após, ler com os alunos o poema:





CONVITE



Poesia é brincar com palavras

Como se brinca

Com bola, papagaio e pião.

Só que

Bola, papagaio e pião.

De tanto brincar, se gastam,

As palavras não:

Quanto mais se brinca

Com elas,

Mais novas ficam.

Como a água do rio,

Que é água sempre nova.

Como cada dia,

Que é sempre um novo dia.



(Poemas para brincar. São Paulo: Ática, 1991)



Depois dessa leitura, provocar uma conversa sobre poemas, fazendo-os observar a estrutura, o jogo das palavras, a beleza, as idéias que se tem sobre o título, versos, e algumas palavras do poema. Colher as idéias e expor no mural. Em dupla pedir para comparar o que produziram com as atividades desenvolvidas após a leitura e anotarem as conclusões. Mostrar as variedades de idéias e prepará-los para uma nova produção:



Produzir Poemas é uma atividade lenta e difícil, mas não impossível.

Trabalhar poemas a partir de canções, acrósticos, trava-línguas, parlendas, provoca-se a noção da necessidade de ritmo, melodia e poesia no texto. (ir questionando o que é... e respondendo retoricamente.



Desenvolvendo atividades interdisciplinares para produzir poemas a partir de uma canção.

. http://estherpais.blogspot.com



 SAIBA MAIS SOBRE A POESIA...

A poesia, ou gênero lírico ou lírica é uma das sete artes tradicionais, uma forma de linguagem.


A poesia é uma linguagem verbal criativa.

Os gêneros de poesia permitem uma classificação dos poemas conforme suas características.

O poema épico é, geralmente, narrativo, aborda temas como a guerra ou outras situações extremas. Já o poema lírico pode ser muito curto.

Poesia é a expressão de um sentimento, como por exemplo o amor, palavras que tocam a alma.

A matéria-prima do poeta é a palavra, ele tem toda a liberdade para manipular as palavras, mesmo que isso implique romper com as normas tradicionais da gramática.



ATIVIDADES
























































Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...