0

Dia dos Professores

FELIZ DIA DOS PROFESSORES
15 DE  OUTUBRO









Não sei o que combina mais contigo,

Uma poesia, um livro, uma pintura,

Sinceramente fico pensando

No que deve dar alegria

A alguém que é objeto da alegria de tantos.

Na verdade, o professor de verdade,

É aquele que prefere dividir o que possui,

Do que ter somente para si.

O verdadeiro mestre, sente-se feliz

quando percebe que o caminho que

Ele abriu  e tem sido trilhado por muitos.

O mestre tem a sua realização no aprendizado

do pupilo, da passagem da experiência.

É por isso que meras palavras

Não podem recompensar

a alguém que optou por esta carreira

que muitas vezes é dolorosa e cheia de espinhos.

Chamo-te somente mestre, abnegado coração

que se sensibiliza com os olhos sedentos

por uma vida menos escura, mas cheia de luz.

E essa luz, está em suas mãos,

em seu coração, em seu olhar.

Que bom que existe um dia

Reservado só para você!

Obrigado por sua obstinação incontida,

Pois graças a ela, você nunca desiste.

Você é muito importante,

Espero que você seja sempre assim.






O valor de ser Educador

Ser transmissor de verdades,De inverdades...

Ser cultivador de amor,De amizades.

Ser convicto de acertos,De erros.

Ser construtor de seres,De vidas.

Ser edificador.Movido por impulsos, por razão, por emoção.

De sentimentos profundos,Que carrega no peito o orgulho de educar.

Que armazena o conhecer,Que guarda no coração, o pesar De valores essenciais 

Para a felicidade dos “seus”

Ser conquistador de almas.

Ser lutador,Que enfrenta agruras,Mas prossegue, vai adiante realizando 

sonhos,Buscando se auto-realizar,Atingir sua plenitude humana.

Possuidor de potencialidades.

Da fraqueza, sempre surge a força,Fazendo-o guerreiro.

Ser de incalculável sabedoria,Pois “o valor da sabedoria é melhor que o de rubis”.

É...Esse é o valor de ser educador.







SOU PROFESSOR


Sou professor.

Nasci no momento exato em que uma pergunta saltou da

boca de uma criança.

Fui muitas pessoas em muitos lugares.

Sou Sócrates, estimulando a juventude de Atenas a

descobrir novas idéias através de perguntas.

Sou Anne Sullivan, extraindo os segredos do universo

da mão estendida de Helen Keller.

Sou Esopo e Hans Christian Andersen, revelando a

verdade através de inúmeras histórias.

Sou Marva Collins, lutando pelo direito de

toda a criança à Educação.

Sou Mary McCloud Bethune, construindo uma

grande universidade para meu povo, utilizando

caixotes de laranja como escrivaninhas.

Sou Bel Kauffman, lutando para colocar em

prática o Up Down Staircase.

Os nomes daqueles que praticaram minha profissão

soam como um corredor da fama para a humanidade...

Booker T. Washington, Buda, Confúcio,

Ralph Waldo Emerson, Leo Buscaglia, Moisés e Jesus.

Sou também aqueles cujos nomes foram há muito

esquecidos, mas cujas lições e o caráter serão sempre

lembrados nas realizações de seus alunos.

Tenho chorado de alegria nos casamentos de ex-alunos,

gargalhado de júbilo no nascimento de seus filhos e

permanecido com a cabeça baixa de pesar e confusão ao

lado de suas sepulturas cavadas cedo demais,

para corpos jovens demais.

Ao longo de cada dia tenho sido solicitado como ator,

amigo, enfermeiro e médico, treinador, descobridor

de artigos perdidos, como o que empresta dinheiro,

como motorista de táxi, psicólogo, pai substituto,

vendedor, político e mantenedor da fé.

A despeito de mapas, gráficos, fórmulas, verbos,

histórias e livros, não tenho tido, na verdade,

nada o que ensinar, pois meus alunos têm apenas a si

próprios para aprender, e eu sei que é preciso o mundo

inteiro para dizer a alguém quem ele é.

Sou um paradoxo.

É quando falo alto que escuto mais.

Minhas maiores dádivas estão no que desejo receber

agradecido de meus alunos.

Riqueza material não é um dos meus objetivos,

mas sou um caçador de tesouros em tempo integral,

em minha busca de novas oportunidades para que

meus alunos usem seus talentos e em minha procura

constante desses talentos que, às vezes,

permanecem encobertos pela autoderrota.

Sou o mais afortunado entre todos os que labutam.

A um médico é permitido conduzir a vida num

mágico momento.

A mim, é permitido ver que a vida renasce a cada

dia com novas perguntas, idéias e amizades.

Um arquiteto sabe que, se construir com cuidado,

sua estrutura poderá permanecer por séculos.

Um professor sabe que, se construir com amor e verdade,

o que construir durará para sempre.

Sou um guerreiro, batalhando diariamente contra a

pressão dos colegas, o negativismo, o medo, o conformismo,

o preconceito, a ignorância e a apatia.

Mas tenho grandes aliados: Inteligência, Curiosidade,

Apoio paterno, Individualidade, Criatividade, Fé, Amor

e Riso, todos correm a tomar meu partido com apoio indômito.

E a quem mais devo agradecer por esta vida maravilhosa,

que sou tão afortunado em experimentar, além de a vocês,

ao público, aos pais?

Pois vocês me deram a grande honra de confiar-me suas

maiores contribuições para com a eternidade, seus filhos.

E assim, tenho um passado rico em memórias.

Tenho
um presente de desafios, aventuras e divertimento,

porque a mim é permitido passar meus dias com o futuro.

Sou professor... e agradeço a Deus por isso todos os dias.



John W. Schlatter



ATIVIDADES




























































LEMBRANCINHAS
MARCADORES









                  ORAÇÃO DO PROFESSOR

Dai-me, Senhor, o dom de ensinar,
Dai-me esta graça que vem do amor.

Mas, antes do ensinar, Senhor,
Dai-me o dom de aprender.

Aprender a ensinar
Aprender o amor de ensinar.

Que o meu ensinar seja simples,
humano e alegre, como o amor.
De aprender sempre.

Que eu persevere mais no aprender do que no ensinar.
Que minha sabedoria ilumine e não apenas brilhe
Que o meu saber não domine ninguém, mas leve à verdade.

Que meus conhecimentos não produzam orgulho,
Mas cresçam e se abasteçam da humildade.

Que minhas palavras não firam e nem sejam dissimuladas,
Mas animem as faces de quem procura a luz.

Que a minha voz nunca assuste,
Mas seja a pregação da esperança.

Que eu aprenda que quem não me entende
Precisa ainda mais de mim,
E que nunca lhe destine a presunção de ser melhor.

Dai-me, Senhor, também a sabedoria do desaprender,
Para que eu possa trazer o novo, a esperança,
E não ser um perpetuador das desilusões.

Dai-me, Senhor, a sabedoria do aprender
Deixai-me ensinar para distribuir a sabedoria do amor.









 
Fonte do texto:http://www.superfrases.com/article/profissoes/3458/
                              http://ferramentapedagogica.blogspot.com/
                             


0 comentários:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...